Blog

Dica de saúde

Benefícios da água com limão


1. Sangue alcalino: Segundo a nutricionista funcional Mariana Duro, apesar de o limão ser uma fruta ácida, ele auxilia na alcalinização do sangue, ou seja, deixa com pH maior que 7. Isso é benéfico porque as células têm mais facilidade de eliminar toxinas em um ambiente alcalino, o que potencializa a perda de peso e diminui processos inflamatórios.
2. Redução do inchaço: A ingestão de água estimula o processo de eliminação de líquidos retidos. Para tornar mais gostoso o hábito de beber dois litros de água por dia, a inserção de rodelas de limão é uma opção indicada por Mariana. Além disso, a fruta tem propriedade diuréticas e refrescantes, que proporcionam a eliminação de toxinas pela urina e melhoram o trato intestinal.
3. Proteção do organismo: A composição da fruta é rica em vitamina C, tiamina, riboflavina, fósforo, silício, cálcio e ferro. Para a nutricionista Gisele Bittencourt, esses nutrientes são potenciais fortalecedores do sistema imunológico. Logo, beber água com limão ajuda a proteger o corpo da ação de vírus e bactérias nocivos, como os que causam gripes e resfriados.

4. Antioxidante: Combate ao envelhecimento precoce também é um dos pontos fortes do limão. Segundo Gisele, ele é rico em flavonoides, elemento antioxidante que age contra os radicais livres. Além disso, essa ação também reduz as chances de processos degenerativos, como é o caso do câncer, doença grave causada por falhas na produção de células.
5. Digestivo: O limão também é aliado do estômago. Sua acidez auxilia na digestão dos alimentos e reduz a produção de suco gástrico, ajudando aqueles que sofrem com refluxo. Se o estômago já está em condições de excesso de acidez – como azia e gastrite – beber água com limão pode ajudar a neutralizar o quadro, conforme Gisele.

Água é vida, mas não é milagre
A água com limão é realmente uma aliada. O consumo desse líquido, puro ou misturado, é uma recomendação da Organização Mundial da Saúde para manter o organismo nutrido e hidratado. É a água que faz boa parte das funções do corpo humano continuarem ativas ao longo do dia. Porém, mesmo com todos esses benefícios, a água não é capaz de dar tudo o que o corpo precisa. De nada adianta beber dois litros por dia se você segue ingerindo gorduras e açúcares em excessos e leva uma vida sedentária. A OMS indica seguir uma dieta com o mínimo possível de alimentos industrializados e que contemple proteínas, frutas, grãos, vegetais e laticínios.  Além disso, é indicado que você pratique atividades físicas com uma frequência mínima de duas vezes na semana, durante um período de 30 minutos por dia. Exercícios como caminhada, corrida, natação e jogos coletivos são aliados da saúde cerebral, pulmonar e cardíaca. Eles reduzem as chances de obesidade e podem controlar a glicemia sanguínea.


Rodapé